Categoria: Sem categoria Page 3 of 7

SSD deixa seu computador mais rápido

    Quem nunca perdeu a paciência quando precisou de uma ação rápida do computador e ele estava lento demais, demorando para iniciar ou executar um programa? A lentidão pode resultar do uso contínuo do computador, que acaba acumulando arquivos desnecessários, abertura de vários programas de uma vez, recorrer à hibernação em vez de reinicialização, navegar na Internet com várias janelas de navegador e deixar de fazer uma manutenção frequente.

    A troca do HD pelo SSD é uma indicação segura e eficaz quando o objetivo é aumentar o desempenho do computador, por isso os especialistas da Klop Informática apontam alguns aspectos importantes na substituição. No final deste artigo veja também algumas dicas simples que, no dia a dia, podem otimizar o funcionamento do seu computador.
    Muitos casos de lentidão estão associados ao disco rígido, Hard Disk (HD), componente responsável pelo armazenamento de dados do computador. Se o HD estiver sem espaço, uma boa opção é alterá-lo por uma unidade de estado sólido, Solid State Drive (SSD), tecnologia de armazenamento aclamada como a evolução dos HDs.
    Os SSDs mais vendidos no mercado têm memória flash, responsável pelo armazenamento de modo muito semelhante ao pendrive. Este tipo de memória não tem partes móveis enquanto os HDs comuns possuem discos magnéticos e para acessar os dados, um mecanismo de leitura precisa se movimentar até o ponto em que os arquivos estão.
    A tecnologia SSD proporciona um ganho em desempenho e segurança para os dados por ser mais resistente a quedas. HDs perdem mais facilmente os dados, o que já não ocorre nos SSDs por conta da memória flash. Outro aspecto importante é o baixo consumo energético, o que prolonga a duração da bateria de notebooks, por exemplo. Além disso, por funcionar eletricamente, os processos de leitura e escrita de dados são mais velozes e silenciosos.

    HD e SSD associados
    O computador fica mais rápido quando HD e SSD são utilizados em conjunto. Ganha-se performance sem perda da capacidade de armazenamento. No entanto, é preciso utilizá-los da maneira correta. Instalar o sistema operacional no SSD é um passo importante porque o disco de estado sólido possui velocidade de leitura muito maior do que o HD. A inicialização e todas as tarefas do sistema ficarão mais rápidas.
    Os principais programas também devem ser instalados no SSD. O ideal é analisar quais são os softwares mais usados e os que mais utilizam memória como ferramentas de edição vídeo, áudio e fotos.

    Outras dicas
    – Não use sistemas operacionais antigos e mantenha atualizações do sistema em dia porque de nada adianta investir em equipamentos de ponta enquanto o sistema é obsoleto.
    – Não grave arquivos constantemente no SSD porque ele usa chips com número limitado de operações de leitura e escrita.
    -Não conecte um SSD SATA-600 numa porta SATA-300. Ao ligar esse SSD em uma porta SATA-300 ele terá a sua velocidade de transferência de dados reduzida em 50%.

    Cuidados de rotina
    Se você acha que não é o momento de fazer a troca do HD pelo SSD, algumas ações são valiosas para garantir o desempenho da sua máquina:
    – Apague arquivos temporários de internet;
    – Mantenha seu computador atualizado;
    – Remova arquivos inúteis de programas. O CCleaner pode ajudá-lo nisso.
    – Limpe pastas de arquivos inúteis e esvazie a lixeira
    – Limpeza e desfragmentação de disco. Estas ações podem ser acionadas a partir da barra de tarefas do Windows

    – Não execute programas automaticamente, o que deixar seu computador mais veloz principalmente na inicialização.
    – Tenha um programa atualizado e eficiente de remoção de vírus.

    Ficou interessado e quer um SSD para sua máquina? Entre em contato com nossos especialistas pelo Whatsapp (42) 98845-6500, no Facebook, email klop@klop.com.br ou pelo (42) 3025 1310.

Terceirize o departamento de T.I. e economize

Em tempos de alta competitividade a tecnologia é um diferencial. Por outro lado, cada vez mais as empresas devem estar focadas na sua atividade fim. A solução para esse impasse está na terceirização.

O empresário inovador investe em estrutura e pessoal especializado para entregar seu produto ou serviço com qualidade. As áreas adjacentes, que não estão ligadas diretamente a sua atividade, são terceirizadas. Isso reduz investimentos em estrutura, pessoal e impostos, além de manter os esforços de investimento e inovação na atividade fim.
Na área de tecnologia da informação as vantagens da terceirização são ainda maiores porque contratar uma empresa com diversos especialistas nas diferentes áreas de tecnologia da informação, desde softwares, sistemas, redes e até manutenção de máquinas e equipamentos, sempre será mais vantajoso do que manter um departamento de TI. Mais vantagens e mais eficácia, afinal, dificilmente uma empresa que tem uma equipe interna vai ser mais eficiente do que uma empresa de TI, que trabalha, investe e tem experiência na área.
Neste post, a Klop Informática elencou as principais vantagens da terceirização de TI.

Equipe altamente especializada
Contratando um terceirizado na área de TI, sua empresa tem à disposição uma equipe de especialistas que oferece soluções tecnológicas para diferentes setores da empresa. Ter uma equipe de alto nível pode diminuir o tempo gastos na resolução de problemas, aumenta o nível de eficácia das respostas e reduz custos para a organização, pois implica contratação de pessoal e investimento em estrutura, equipamentos e treinamento.

Algo mais
Uma equipe externa de TI está em contato com diferentes cenários e situações-problema e está apta a agir com rapidez buscando processos automatizados, mais dinâmicos e fluidos que aumentam a eficácia das ações da empresa que dependem do setor de TI. Além disso, por ser especializada, a empresa contratada está focada no desenvolvimento de processos e estabelecimento de melhores ferramentas. Isso otimiza os resultados de gestão e produção da atividade fim.

Computação na nuvem
As empresas de TI oferecem serviços de Cloud Computing, que reduzem ainda mais os custos com equipamentos potentes e especializados já não são obrigatórios para que se possa usufruir de benefícios armazenamento de dados, backups seguros, organização e monitoramento de equipes de trabalho. O Cloud Computing oferece flexibilidade de ampliação e redução de acordo com a demanda do usuário. Assim, contrata-se apenas a capacidade que vai utilizar, tendo disponíveis estruturas de data centers com computadores de ponta. Isso acaba por agregar mais potencial ao setor de TI externo.

Foco no negócio
Quando a área de tecnologia da informação não é uma preocupação interna da empresa, o gestor pode direcionar seus esforços à estratégia da empresa e tem mais disponibilidade para se dedicar ao negócio em si.
Terceirizar é o caminho
A tecnologia ocupa papel central nos processos de comunicação, produção e atendimento das empresas. Nesse sentido, todos os equipamentos, sistemas e ferramentas devem funcionar de modo a dar fluidez ao trabalho porque hoje a tecnologia muda a cada dia e influencia a competitividade entre as organizações. S
Contratos sob medida
A Klop é uma empresa especializada em TI que atua há 14 anos no mercado e está habilitada a assumir um setor de TI de empresas de pequeno, médio e grande porte. “Nossos profissionais são especialistas em diferentes áreas, desde aquele focado em manutenção de hardware, passando pelos especialistas em sistemas, redes e computação em nuvem, até consultores diagnosticam cenários-problema e oferecem soluções personalizadas”, afirma Márcio Lopes, diretor da Klop Informática. “Temos clientes de diferentes portes e demandas, na indústria e no comércio, e estamos preparados para atender a todos com flexibilidade de pacotes mensais ajustados a diferentes modelos de negócio”, afirma Núbia Lopes, gerente comercial da Klop Informática.
Entre em contato conosco pelo nosso Whatsapp (42)98845-6500, no Facebook, email klop@klop.com.br ou pelo (42) 3025 1310.

O backup na Nuvem como estratégia de segurança de dados

De acordo com a AMI Partners, aproximadamente 25% das pequenas empresas e 50% das médias empresas planejam alocar mais investimentos para Nuvem. Além de uma tecnologia confiável, a Nuvem é uma tendência concreta para empresas de ponta.
Em termos mais simples, a computação em nuvem possibilita o acesso a arquivos e execução de tarefas pela internet, sem instalar aplicativos no computador. “É possível acessar os serviços online, já que os dados não se encontram em um computador específico, mas sim em uma rede”, enfatiza Márcio Lopes, diretor da Klop Infomática.
Entre as opções de Cloud Computing, Lopes destaca que o Azure Microsoft é um forte player de mercado e desponta como uma plataformas eficaz com mais de 30 serviços. As soluções do Azure são configurados conforme as necessidades do empreendimento em apenas alguns cliques.
“O Microsoft Azure é a melhor opção que encontramos no mercado, que obtém um equilíbrio perfeito entre alto desempenho e economia para nós, nos ajudando a atender a lei de conformidade regulatória em um período de tempo muito curto. O que eles oferecem não é somente um produto, mas uma solução única que nos deu paz de espírito”, afirma Daryl Cheng, da Mass Mutual Financial Group.

BACKUP

Backup Azure
Os dados são ativos extremamente importantes para as empresas e fazer backup deles é uma parte essencial de qualquer estratégia de negócio. Buscar soluções de backup na Nuvem é uma opção confiável, acessível e escalável e com despesas operacionais mínimas.
Para que você conheça uma das possibilidades do Azure, a Klop Informática separou algumas vantagens desta plataforma:
Interfaces familiares
O Backup do Azure é fácil de usar e protege continuamente os dados de todas as plataformas disponíveis no mercado, independente da marca. Como o Azure é um produto da Microsoft, é especialmente indicado para Windows Server, Windows Server Essentials e System Center Data Protection Manager (DPM). Nubia Lopes, da Klop informática, ressalta que o DPM protege uma ampla gama de cargas de trabalho e é muito fácil estender esta proteção ao Azure. Os backups podem ser gerenciados usando o PowerShell ou por uma interface de usuário na caixa de entrada.

Seguro e confiável
Os dados de backup das empresas que adotam o Azure estão seguros tanto em transferências quanto em repouso. Os documentos são armazenados em um armazenamento replicado geograficamente que mantém seis cópias dos dados em dois datacenters do Azure. Com 99,9% de disponibilidade de serviço o Backup do Azure oferece tranquilidade operacional total.
Eficiente e flexível
O Backup do Azure é eficiente tanto pela rede quanto no disco. Depois de realizar a propagação inicial, somente alterações incrementais serão enviadas na frequência definida. Recursos integrados como compactação, criptografia, retenção duradoura e limitação de largura de banda ajudam a melhorar a eficiência de TI.

Benefícios:
• Paga-se pelo que se está usando sem necessidade de upgrades constantes;
• Transferência Ilimitada: Paga-se apenas pelo armazenamento;
• Backup Incremental: assegura que o tempo entre backups seja otimizado e mais eficiente, transferindo assim somente as últimas alterações em relação ao último backup;
• Compressão: Os backups são comprimidos para reduzir o espaço no storage;
• Múltiplos Storages: LRS (Local Redundant Storage) ao menor custo com três cópias no Datacenter Local;
• GRS (Geo Redundand Storage): com custo um pouco mais elevado, porém, mais 3 cópias pareadas em datacenteres diferentes. Essas cópias extras asseguram que os dados estejam seguros e disponíveis;

Trabalhe com o Azure agora
A Klop Informática pode ajudá-lo na contratação do Azure mais adequado às necessidades de sua empresa. Entre em contato com um de nossos especialistas aqui pelo blog, pelo Facebook, via skype pelo vendas@klop.com.br ou ligue 3025 1013.

4 motivos pelos quais a nuvem é um ótimo negócio

Gestores de empresas focadas em segurança e otimização da rotina de trabalho já estão trabalhando em nuvem, recurso que dá mais agilidade aos processos, segurança e mobilidade para as equipes.
A computação em nuvem é uma estratégia de gestão porque esta tecnologia coloca os empreendimentos numa nova dinâmica de negócios que é tendência para os próximos anos. Pesquisa da empresa Eclipse aponta que mais de 50% de toda a informação estará em nuvem nos próximos 5 ou 10 anos. Essa projeção aponta que os negócios estão migrando rapidamente para ambiente em nuvem. Empresas que acompanhem este processo sairão na frente da concorrência, visto que até 2020 o trabalho em nuvem será avaliado em 20 bilhões de dólares.

nuvem

A Microsoft, além do investimento enorme em Cloud, acaba de lançar o programa Cloud Solution Provider (CSP), um programa de Licenciamento que permite pagar suas soluções de nuvem com boleto mensal, em moeda brasileira. Essas Soluções de Nuvem Microsoft incluem a aquisição facilitada do Office 365, Microsoft Azure, Windows, Microsoft Dynamics e EMS.
Benefícios
• Facilidade e Economia com pagamento mensal e “pós pago’;
• Flexibilidade de alteração da quantidade de licenças em uso, para mais ou para menos;
• Contrato único para todas as soluções Cloud Microsoft;
• Combos de ofertas com serviços;

Veja nesse vídeo como o CSP é incrível para empresas:

Diante de tantas possibilidades e vantagens, a Klop Informática separou 4 motivos para você aderir à nuvem:

1) Redução de custos
O cloud computing permite redução de custos em equipamentos de alto desempenho, em infraestrutura e grandes equipes de TI. Com mais tempo livre, sua equipe de TI pode se concentrar em desenvolver outras soluções internas, focadas no negócio. Trabalhando em nuvem, a empresa ganha ao otimizar o espaço, a dinâmica das atividades enquanto se economiza em infraestrutura e tecnologia.
“Empresas que visam competir por preço devem otimizar de custos e priorizar inovação. Então, entender como a estratégia de nuvem é importante para o mundo dos negócios é fundamental para quem quer crescer”, afirma Nubia Lopes, gerente da Klop Informática. Lopes cita como exemplo da adequação dos custos às necessidades da empresa o uso por demanda. Se o armazenamento de arquivos na nuvem aumenta, basta contratar um espaço a mais. Se diminui, é só fazer um downgrade de espaço.

2) Flexibilidade e colaboração
O uso tradicional do email somente no webmail ou aplicativos no computador limitam o acesso às mensagens por conta da obrigatoriedade de presença numa estrutura física. Com o e-mail em nuvem é possível acessar o e-mail corporativo, podendo enviar e receber mensagens a partir de dispositivos móveis. Além disso, a ferramenta conta com a segurança dos servidores na nuvem, como criptografia de dados, garantindo maior sigilo à troca de mensagens.
A nuvem pode dar mais agilidade aos processos. O empresário pode colocar toda a sua equipe para trabalhar virtualmente ao mesmo tempo. Ferramentas como Google Apps e Office 365 dão acesso às ferramentas de escritório e concentram os arquivos na nuvem, facilitando o acesso e a edição dos documentos pelos integrantes da equipe de trabalho. Como armazenamento é virtual, o espaço no computador fica livre.

3) Mobilidade
Trabalhar na nuvem ficou ainda mais fácil porque você tem acesso aos mesmos recursos de um desktop em um smartphone, tablet, iPad ou notebook. Ou seja, você dá flexibilidade para que a sua equipe trabalhe de onde quer que ela esteja, sem a necessidade de mantê-la dentro do escritório, por exemplo. Com uma conexão de internet e um browser, a empresa pode obter aplicativos poderosos e permitir que clientes e funcionários acessem informações importantes de qualquer lugar e a qualquer.

4) Segurança
Diante dos recentes ataques de ransomwares em escala global, a segurança da informação deve ser prioridade para qualquer negócio. A computação na nuvem oferece mecanismos de defesa para os seus arquivos, como criptografia de dados, selos de segurança e, ainda, backup na nuvem, além de manter os dados seguros e facilmente recuperáveis.
Sua empresa na nuvem com a Klop

Torne sua empresa mais competitiva e adote o trabalho em nuvem como estratégia do seu negócio. Quer saber como colocar sua empresa no futuro, agora através do CSP. Entre em contato e fale com um de nossos especialistas aqui no blog, via Facebook, Skype pelo vendas@klop.com.br ou pelo fone (42) 3025 1013.

Ler mais

Windows Server otimiza produtividade empresarial

O avanço tecnológico exige das empresas uma postura de inovação em tecnologia da informação. Um dos grandes aliados dos gestores é o Windows Server 2016, sistema operacional para servidores, o mais avançado da Microsoft.
Nubia Lopes, gerente comercial da Klop Informática, reforça que o Windows Server é um forte aliado de empresários que têm foco na competitividade e estão conectados às inovações do mundo dos negócios, independentemente do porte da empresa. “O Windows Server Standard, por exemplo, é um sistema operacional indicado para pequenas e médias empresas. É planejado para ambientes de servidores físicos ou levemente virtualizados”, diz. Esta versão, segundo Lopes, permite que um computador gerencie funções de rede como servidor para impressão, controlador de domínio, servidor web e servidor de arquivos.
A versão Datacenter é mais avançada e é indicada para empresas com alto nível de virtualização. Compare as versões Datacenter e Standard na tabela:
tabela

DirectAcess
A ferramenta DirectAccess é um destaque do sistema, ela permite acesso à rede através de qualquer computador ou aparelho. É mais rápido do que conexões VPN patrões e fornece acesso fora do site para arquivos compartilhados, equipamentos sob medida e outras funções. O Windows Server proporciona ferramentas para criação e administração de um ambiente computadorizado virtualizado de servidor.

Nano Server
No Windows Server 2016 é um modo de implantação do sistema Nano Server, uma instalação extremamente leve, que consome poucos recursos de hardware e ocupa menos de 1GB de espaço em disco. Jeffrey Snover, arquiteto líder do Windows Server, destaca como benefícios do Nano Server a instalação 93% menor se comparada a versão completa, redução de 92% no número de atualizações e redução de 80% no número de reinicializações obrigatórias.
Tanto o Server Core e quanto o Nano Server requerem ambientes mínimos para desempenhar funções de servidor. Estas funções se tornam mais fáceis de manter e administrar, e menos expostas à ataques. Administradores podem administrar grupos de servidores coletivamente de um único console integrado.

windows server

Benefícios do Windows Server 2016:
– Aumenta a eficiência com a integração com a nuvem do Remote Desktop Services;
– Reduz custos de armazenamento com um portfólio líder para nuvens no local;
– Gerencia servidores com facilidade em qualquer lugar com o Server Management;
– O Remote Desktop Services melhora gráficos, escalas e a integração com a nuvem, aumentando sua produtividade;
– Segurança de dados devido às várias camadas de proteção interna no sistema operacional;
– Virtualização aninhada e os clusters com a computação definida por software;
– Segurança dinâmica e flexibilidade híbrida com a rede definida por software;
– Novos controles e acesso com o Active Directory e identidade;
– Redução seus custos com a implantação de novos aplicativos com os contêineres;

Adquira seu Windows Server
A Klop Informática tem 13 anos de experiência e pode em ajudar pequenas e médias empresas com soluções em tecnologia da informação. “Podemos ajudar pequenos e grandes negócios a crescer com mais eficiência e redução de custos. O Windows Server é uma das estratégias que possibilitam isso”, afirma o diretor da Klop Informática, Márcio Lopes.

Contato
Fale com um de nossos especialistas pelo (42) 3025-1013 ou pelo email klop@klop.com.br
Outros produtos, acesse o site /www.klop.com.br

Proteja os computadores da sua empresa contra malwares

Ransomware é um software que obriga suas vítimas a pagar um resgate por suas próprias informações. Os hackers criptografam os dados do computador invadido ou bloqueiam a tela, de forma que o dono não consiga acessá-los. Ransomware é, portanto, um código malicioso que gera prejuízo financeiro para empresas e perda de dados importantes.
Computadores e celulares são invadidos quando o usuário acessa um site ou programa infectado, enviado como um anexo por e-mail ou baixado da internet. O usuário acredita estar visitando um site ou abrindo um programa seguro, mas na verdade está abrindo caminho para que o vírus entre no sistema. Assim, é importante que o usuário não clique em links, a menos que tenha certeza de que são genuínos.

sequestro de dados

O que fazer se for infectado?
Geralmente, o malware avisa o usuário que o sistema foi invadido. Uma grande notificação preenche a tela e informa os procedimentos para recuperar acesso à máquina, incluindo informações sobre quem e quanto deve ser pago pelo resgate.
Normalmente, os hackers dão um mês para o usuário pagar um resgate em bitcoins, moeda eletrônica, cujo valor pode chegar a US$ 1 mil (em torno de R$ 2,3 mil), equivalente a 1,92 bitcoins.
O primeiro passo, assim que recebido o informe ou detectado o vírus, é desligar o computador para interromper a ação do malware.

Recuperação de arquivos
Quem não tem backup dos dados sequestrados, talvez precise pagar o resgate dos arquivos. Márcio Lopes, diretor da Klop Informática, ressalta que esta decisão é a última e a pior porque não há garantia da devolução dos arquivos.
O correto é, depois de identificado o malware, fazer uma limpeza e excluir os arquivos maliciosos. Assim, já é possível acessar a máquina. Mas o que acontece com os arquivos sequestrados? Normalmente, não são recuperados. Se houver backup, basta restaurar o computador e salvar os arquivos novamente.
Uma recomendação importante é fazer o backup periódico dos arquivos e, como esclarece a gerente da Klop Informática, Nubia Lopes, deve-se ter um antivírus instalado na máquina. “Além disso, um cuidado importante é ser bastante seletivo ao acessar e-mails e baixar arquivos de sites”, reforça Lopes.

tranquiloPara manter o computador seguro:

Mantenha o recurso de restauração do sistema ativo;
Mantenha um backup de arquivos em HD externo ou na nuvem;
Não baixe arquivos suspeitos recebidos por e-mail;
Não clique em links desconhecidos;
Use antivírus e firewall confiáveis;
Verifique a exibição das extensões dos arquivos;
Desconfie de arquivos executáveis com extensão *.exe;

Crime
O advogado Helio Ferreira Moraes explicou ao site Canaltech que a ação do ramsonware é crime. O advogado alerta que não se trata propriamente de crime de sequestro de dados, que é a expressão costumeiramente utilizada.
Para Moraes, “não se aplica, nesse caso, o crime de extorsão mediante sequestro, já que este só é aplicável quando há sequestro de pessoa. Mas ao menos dois crimes poderiam ser imputados a essa conduta, dependo a análise do caso concreto. Pode ser caracterizado o crime específico de invasão de dispositivo informático, previsto na chamada Lei Carolina Dieckman. Sobre ele, incide uma pena mais branda mas, dependendo do contexto, ele poderia se tornar um crime mais complexo, como extorsão, que comporta uma pena mais severa”.

Promoção
Para empresas com até cinco usuários, a Klop Informática coloca em promoção para esta semana o Antivírus Trend (versão doméstica e para pequenas empresas) a R$ 39,90. Promoção válida até 22 a 26 de maio/2017. Consulte outros Antivírus que podem ser mais adequados ao porte da sua empresa . Ligue para (42) 3025-1013 e fale com um especialista da Klop.

Nobreak pode salvar seu dia

Especialistas em energia da NHS Nobreaks faz um alerta importante: a falta de energia, variações de tensão e interferências naturais na transmissão, como raios e tempestades podem danificar equipamentos eletrônicos, de saúde, sistemas de telecomunicação e segurança, equipamentos de controle de tráfego e muitos outros. Esses danos podem ser evitados com nobreaks, dispositivos que fornecem energia elétrica isenta de ruídos, confiável e ininterrupta para as mais diversas utilizações.
Quedas de energia, apagões, distúrbios e oscilações de energia elétrica afetam equipamentos eletrônicos conectados à rede. O nobreak permite o uso contínuo do aparelho em caso de ausência de energia e preserva a tensão alimentada da rede para a carga.
Um nobreak evita também redução de vida útil de componentes eletrônicos dos equipamentos. A empresa que tem um nobreak evita gastos desnecessários com manutenção e perda de dados não salvos. Márcio Lopes, da Klop Informática enfatiza que perdas materiais, retrabalho e diminuição na produtividade podem ser evitados com um nobreak.
nobreak

Nubia Lopes, gerente comercial da marca, enfatiza que os nobreaks podem ser utilizados em qualquer tipo de aparelho elétrico. Veja alguns exemplos de funções e aplicações do nobreak:
• Protege contra perda de trabalhos e documentos em computadores e servidores, que guardam bancos de dados;
• Evitam panes equipamentos de segurança e portões eletrônicos. Permite que câmeras de segurança sejam cada vez mais eficazes, pois funcionam como prova da veracidade ou não de um fato ocorrido nos centros urbanos, inclusive infrações de trânsito.
• Evita parada de máquinas industriais para evitar perdas na produtividade em indústrias;
• Permite que equipamentos médicos como ultrassom e de ressonância magnética continuem funcionando enquanto pacientes e médicos os utilizam
• Facilita a vida de usuários de sistemas de gestão de tráfego, impedindo que o semáforo de uma avenida movimentada deixe de funcionar.
Núbia Lopes reforça que os especialistas da Klop Informática podem avaliar qual o modelo de nobreak que é mais adequado às necessidades de uma empresa ou usuário doméstico

Em casa e na rua
A queda de energia pode causar transtornos tanto em casa quanto nos usuários das vias públicas das cidades, que dependem da energia para gestão de tráfego e equipamentos de segurança. Assim, fica claro que os nobreaks não servem apenas para proteger computadores, TVs, vídeo games, home teathers ou modens de internet. O equipamento pode ser encarado como uma utilidade pública nos centros urbanos.

Diferenças
Nobreak: fornece energia ininterrupta aos equipamentos, mesmo na ausência total de energia proveniente de rede elétrica. Isto é possível pela utilização de baterias, que podem gerar até várias horas de autonomia, dependendo da configuração do nobreak e da carga (equipamento), sendo que, baseados na carga, dimensionamos o nobreak que podem ser de baixa, média e alta potência.
Estabilizador: É um equipamento que permite manter a tensão de alimentação da carga mais próxima possível da nominal (120V ou 220V). Porém se houver interrupções de energia elétrica a carga desliga. Ou seja, ele realiza o condicionamento de energia, mas não fornece energia.
Filtro de linha: Protege a rede elétrica de pequenos surtos e ruídos, e por possuir um fusível responsável por desligar a alimentação elétrica, o filtro de linha também protege a rede contra curto-circuitos. Além disso, este dispositivo pode ser usado para expandir o número de tomadas disponíveis.
Gerador: tem um motor alimentado com combustível. Garante abastecimento de energia aos equipamentos eletrônicos com autonomia muito superior a um nobreak. Geralmente, está atrelado a equipamentos que não podem, sob hipótese alguma, ficar sem o fornecimento de energia, como é o caso de hospitais, aeroportos, bancos etc.


Sobre os Nobreaks NHS
nhs
É importante lembrar que os nobreaks NHS garantem diversos níveis de proteção do equipamento (além da garantia de funcionamento em caso de ausência de luz). Confira alguns destes:
• Proteção contra subtensão e sobretensão na rede elétrica;
• Proteção contra profunda descarga da bateria;
• Proteção contra surtos de tensão;
• Proteção contra sobrecarga temporizada;
• Proteção contra sobretemperatura interna;
• Desligamento automático por carga mínima de bateria;
• Desligamento por curto-circuito na saída;

Promoção
Não deixe para depois, porque as quedas de energia não marcam hora para acontecer e sua vida não pode parar! Aproveite a promoção: No Break 600 VA NHS Bivolt. Estabilizado Bivolt, Autonomia aproximada de 15 minutos para um Micro. R$ 299,90. Promoção válida até 31 de maio!

Ler mais

Fique por dentro das inovações e versões do Office

Raras empresas não usam softwares como Word, Excell, Power Point e Outlook. Mas, além desses aplicativos, o Office oferece recursos inovadores de comunicação, trabalho remoto e gestão de equipes.  Contudo, independentemente da versão do Office que sua empresa precisa, todos os softwares precisam ser licenciados.klop_informatica_3_maio

A gerente comercial da Klop Informática, Nubia Lopes, alerta que “ainda hoje muitas pessoas fazem confusão com o Office e acreditam que ele vem com o Windows, mas não. O Office é uma é um pacote de aplicativos e sua licença precisa ser adquirida separadamente”.

Office 365

A grande novidade da Microsoft é o Office 365, com opções de uso Cloud ou Off line, que além dos aplicativos do Office tem licenças independentes de versão um terabite de espaço na nuvem One Drive.

Outra vantagem do 365 são as versões com serviços de mensageria como email (Exchange), reuniões OnLine e mensagens (Skype for business), sites ou portais internos (Sharepoint). “Além de todas essas inovações, o Office 365 tem serviços avançados de criptografia de mensagem”, enfatiza Nubia Lopes.o365-logo

O Microsoft Office 365 pode ser acessado direto no navegador, ou seja, online. Dispensa instalação, bastando apenas criar uma conta, realizar algumas configurações e começar a criar textos, editar planilhas e gerar apresentações de slides.

Versões mais utilizadas

As versões mais utilizadas por empresas são, na opção FPP, Home e Business 2016, com Word, Excell, Power Point e Outlook e One Note com validade Perpétua. Outra opção é a versão Eletronic Software Delivery (ESD), que é licenciado através de download.  A diferença em relação ao FPP é que não precisa de mídia física para instalação e nem local de armazenamento. “Temos na opção ESD o Office Home e Business. Além disso é possível adquirir, o Profissional 2016 com Word, Excel, Power Point, One Note, Outlook, Publisher e Acess”, explica Lopes.

Licenças por Volume

A Opção de Licenças por Volume em Open é a melhor maneira para licenciar empresas com mais de 5 estações de trabalho, tanto no Office Standard quanto Profissional e 365.

Para empresas com até 300 estações, as versões Business são mais Indicadas. “Uma das grandes vantagens é o pagamento. Você pode optar pelo pagamento mensal ou anual e sempre estará com a última versão do produto”, destaca o diretor da Klop Informática, Márcio Lopes.

Empresas podem adquirir o Office 365 Business, R$31,90*, com Word, PowerPoint, Excel, Outlook, OneNote, Publisher, 1 terabite de armazenamento na nuvem (OneDrive for Business). A licença para este pacote permite ser utilizada em até 5 dispositivos do mesmo usuário.

Consulte Outros Planos: o Office 365 Oferece muitos planos para atender às necessidades e funcionalidades adequadas. A Klop dispõe de condições de preço para cada usuário da organização. Tire suas dúvidas com o especialista Klop pelo email nubia@klop.com.br ou pelo fone (42) 3025 1013

*Valor Válido apenas para empresas e específico para o mês de maio de 2017

Mitos sobre servidores

1) Não preciso de um servidor: Uma rede P2P, com várias máquinas ligadas entre si, de forma descentralizada, pode até atender às necessidades da empresa hoje, mas eventualmente ela não será o suficiente. Não é uma questão de “se”, mas de “quando”. Em vez de ser pego de surpresa e ter de lidar com uma crise, que tal começar a planejar desde já a migração para um servidor? Quando a empresa der um salto de crescimento, você irá agradecer.

2) Servidores são caros: de forma alguma. Um HP ProLiant ML 30 custa menos do que um PC doméstico de boa procedência, e é muito mais adequado à tarefa de manter a empresa funcionando. O baixo consumo de energia, o aumento na confiabilidade e a agilidade da operação garantem rápido retorno do investimento, e não se esqueça de levar em conta que o hardware inclui garantia de um ano para peças e mão de obra, com atendimento no local no próximo dia útil. Ou seja, no caso de uma falha, é possível contar com um técnico da HP para ajudá-lo a colocar tudo no lugar o mais rápido possível.

3) Um servidor é demais para minha empresa: o HP ML30 é construído de forma modular. Em sua configuração-base, ele é feito sob medida para atender às necessidades de uma pequena empresa. A empresa, no entanto, pode crescer sem sustos, pois o ML30 irá acompanhá-la, visto que pode ser expandido com mais memória e espaço em disco, além de novo software, conforme necessário.

4) Vou precisar de espaço físico/infraestrutura especial: este mito tem origem nos primórdios da informática, quando mesmo os mais simples servidores eram máquinas imensas, que precisavam ser instaladas em salas amplas, com piso elevado, rede elétrica separada e ar-condicionado sob medida. Tudo o que ele precisa é de um cantinho, uma tomada e um cabo de rede. Cabe até sob uma mesa. E a melhor parte: ninguém notará que ele está lá, graças ao baixo nível de ruído.

5) Servidores são difíceis de gerenciar: faça uma conta simples e nos diga o que é mais fácil gerenciar, um único servidor ou uma dúzia de desktops, cada um com configurações, conjuntos de software e até mesmo sistemas operacionais diferentes? Além disso, sistemas operacionais modernos trazem ferramentas que facilitam a administração de um servidor, e a sua empresa sempre pode contar com a ajuda da Klop para capacitar sua equipe. E o HP ProLiant ML30 oferece total flexibilidade na administração: com um cartão de acesso remoto, opcional, é possível controlar o servidor a distância, por meio da Internet, como se estivesse sentado à frente dele.

Assista ao vídeo e saiba mais:

HORA DE INVESTIR

Se alguns mitos foram quebrados, chegou a hora de saber: quais as vantagens de investir os poucos recursos em um servidor? Será que vale mesmo a pena? Argumentos favoráveis não faltam.

Redução de custos: a informatização é hoje o meio mais eficiente para reduzir custos. A revolução do computador, que teve início na década de 40, permitiu que atividades realizadas manualmente fossem automatizadas. Com isso, trabalhos que demoravam dias passaram a ser feitos em horas, o que economiza tempo e dinheiro.

Produtividade: faça uma conta simples. Pegue um processo manual qualquer da sua empresa e divida o salário de quem o realiza pelo tempo que ele demora para fazê-lo. De maneira bem simples, é possível chegar ao custo de determinada tarefa para a empresa. Ao automatizar processos manuais, a companhia vai gastar menos tempo em certas atividades, o que significa dizer que a produtividade aumentou. E isso, atualmente, faz a diferença diante da concorrência.

Atendimento ao cliente: cliente satisfeito volta sempre. Sim, é um jargão. Mas é sempre bom lembrá-lo. A tecnologia, se bem aplicada, ajuda a empresa a atender bem ao freguês. Desde sistemas complexos de atendimento ao cliente, conhecidos pela sigla de CRM, até mecanismos simples como um identificador de chamada, que permite a uma pizzaria, por exemplo, reconhecer quem liga e oferecer atendimento personalizado. São ferramentas que melhoram a relação com o cliente.

Integração: sem tecnologia, muitas vezes não é possível vender para um grande cliente potencial, que está levando seu processo de compra para portais B2B (que fazem transações eletrônicas entre empresas) ou por meio de sistemas de compras eletrônicas. A empresa, com certeza, não quer perder a oportunidade de vender para um grande cliente.

Internet: a tecnologia baseada na web é hoje uma ferramenta essencial para a comunicação com parceiros de negócios e clientes. Ela também conjuga todas as vantagens citadas anteriormente. É fundamental para reduzir custos, ajuda a atender melhor ao cliente e integra os negócios de forma rápida e barata.

Para que serve um servidor?


servidor
À medida que a empresa cresce, cresce também a necessidade de investimento em TI. As informações precisam trafegar com agilidade, estar sempre disponíveis e protegidas. O diretor da Klop Informática, Márcio Lopes, alerta que “além do acesso rápido a dados, a segurança contra agentes externos e infortúnios são fatores relevantes, que podem otimizar a competitividade e a capacidade operacional da empresa”.
Com informações espalhadas por diversas máquinas, trabalhar com agilidade torna-se complicado. Simplificando, um servidor é um computador dedicado a oferecer um serviço ou recurso a outros computadores em uma rede, que são chamados de “clientes”.
Nubia Lopes, gerente comercial da Klop Informática, explica que existem inúmeros tipos de servidores, de acordo com a função que desempenham. “Um servidor pode agrupar arquivos acessíveis a todas as máquinas da rede ou um servidor de impressão pode controlar o acesso a uma ou mais impressoras. Já o servidor de backup centraliza tanto a execução quanto o armazenamento dos dados de backup dos computadores ligados a ele”. Além desses exemplos, Nubia cita também que há servidores web, que hospedam conteúdos de sites. Dependendo da configuração da máquina, e das necessidades da empresa, um único computador pode até mesmo atuar como múltiplos “servidores” em funções relacionadas.

Servidor “Frankenstein”
Não é incomum que uma pequena empresa, ciente das vantagens na migração para uma rede baseada em servidor, decida “economizar”, montando seu próprio servidor com partes facilmente disponíveis no mercado. O resultado é um servidor “Frankenstein”, com peças de procedência variada, que não passa de um PC um pouco mais sofisticado. Por um tempo, ele vai atender às necessidades da empresa, mas pode acabar apresentando um novo conjunto de problemas como resultado da falta de conhecimento das reais exigências de um servidor.

Por que investir num servidor?
Alguns mitos, que sempre foram considerados barreiras para que as micro e pequenas empresas se beneficiem dessas ferramentas, estão ruindo. Não ver os benefícios no uso dessa tecnologia e o medo de um investimento elevado ou da necessidade de uma estrutura especial estão entre os empecilhos citados por pequenos e microempresários que impedem a adoção dos servidores.

Confira no próximo post a Klop Informática trará um texto sobre os mitos sobre servidores. Não perca!

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén